Mac

Mais um pra categoria de “diálogos bizarros”, desta vez ouvido num shopping de Porto Alegre:

Moça chega numa loja de computadores e pergunta:

— Eu estava procurando um note com hm, é, a-ham

— Core 2 Duo?

— Isso.

— Com esse processador, eu só tenho o MacBook, mas aí custa R$6.000,00 — o vendedor faz cara de “ai, o que ela vai dizer desse preço estratosférico?

— E ele vem com Windows? — Mas hein?

— Não, ele vem com um sistema operacional próprio, o Mac OS X, mas nestes com processador Intel, tu pode instalar o Windows depois.

— Tu pode anotar o preço num cartãozinho pra mim?

Putz, se eu fosse comprar um Mac (por esse preço fica difícil), eu não usaria ele pra instalar Windows… Qual é a graça de comprar um Mac então? Ter um computador todo branco? :-P

Apresentando trabalhos…

Apresentar trabalhos de computação gráfica em feiras e eventos é legal. Já faz tempo a última vez que eu fui fazer uma apresentação dessas (foi em outubro de 2006). É bom pra sair da rotina, andar de cômbi carregando um computador e uma bicicleta ergométrica :-P ; ficar procurando o Adalberto (emocionante aventura!!!) :-o ; ser chamado de nerd pela faxineira :-( e testar joguinhos com as pessoas que passam por ali. É importante ter um questionário com espaço pra preencherem o e-mail. Da próxima vez, o Renato vai ter que ir junto de novo, hahahaha.

As maravilhas da tradução automática…

Encontrei isto por aí… Tradução automática pelo Google, de uma conhecida mensagem de erro…

You must have javascript and cookies turned on in your browser for this step to succeed.

Você deve comer o Javascript e os bolinhos girados sobre em seu browser para que esta etapa suceda.

Incrível! Com um tradutor desses, ninguém mais precisa aprender nenhum idioma, hahahaha. Ele viu a palavra “cookie” e traduziu o “have” como “comer”…

(Pra quem não entendeu a piada, a tradução seria: “Você deve ter o Javascript e os cookies ligados no seu navegador pra que esta etapa tenha sucesso.”)

A evolução da linguagem Lua

Não sei por que, eu gosto de ler sobre a evolução de linguagens de programação… Dando uma olhada rápida na lista de e-mails da linguagem Lua, encontrei este artigo, que será apresentado em breve num evento em San Diego.

Uma coisa que me chamou a atenção é que é uma boa idéia colocar um tipo booleano na linguagem desde o começo, hehehehe. :-P Na verdade, tem coisas bem mais interessantes (e complicadas!!!) no artigo, mas esse é um pequeno item que eu achei curioso! Ah, também é bom que um sistema de módulos não seja desprezado…

Divulgação…

Bah, será que divulgo o endereço deste blog por aí? Só tem bobagem, pra que que eu vou divulgar? Dá até vergonha divulgar um blog destes, hehehe. Mas também, pra que que eu vou escrever se ninguém vai ler? Ó, dúvida :-P

(sem falar que o primeiro post estava praticamente ilegível por eu não ter revisado o que escrevi… ainda bem que não divulguei, hehehehe)