O baú e o acento

Quando eu estava aprendendo a escrever, a professora gostava de usar a palavra baú como exemplo. Provavelmente por ser curta e só usar a consoante b e duas vogais. Muitas frases e frases falando sobre baús enchiam o meu caderno.

Uma vez eu pensei: “Pra que esse acento aí no baú? Quer saber? Vou escrever sem acento mesmo”. Passei uns dias copiando o que a professora escrevia, mas deixando de fora o acento do baú.

Algum tempo depois, eu abro o meu caderno numa página qualquer e leio, sem olhar o contexto: “bau” (rimando com mau). “O que raios quer dizer bau?”, eu pensei. Um segundo depois eu me dou conta: “Ah, é baú, com u forte! Bah, então é pra isso que serve o acento!”. Desde então, eu passei a sempre copiar os acentos certinho, sabendo que eles estavam ali por um bom motivo. E acho que foi daí que eu passei a odiar ver coisas escritas errado! (hahahaha)

Pena que nem todo mundo parece entender a importância dos acentos. Vai ver não tiveram esse momento “[h]eureka” que eu tive.

Anúncios

5 pensamentos sobre “O baú e o acento

  1. Assassinato no restaurante. Mataram o português. « Visions of hope

  2. ps: anyway, nem sempre o português segue a lógica. Qdo eu tava aprendendo, me parecia perfeitamente lógico escrever “vazo”, “caza”, etc… Afinal o que tem som de z é o z ¬¬

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s